Reforma

Aprenda como instalar vaso sanitário com caixa acoplada na sua casa

novembro 28, 2020

O vaso sanitário, desde que foi criado e aliado a todo o sistema de esgotamento, representou um grande avanço na sociedade moderna. Esse equipamento permitiu um melhor direcionamento dos dejetos humanos, o que contribuiu para o ganho de saúde e qualidade de vida da população.

Por conta disso, é importante que todos saibam como instalar vaso sanitário com caixa acoplada e outros modelos em casa, de maneira correta, sendo por meio do instalador hidráulico ou não.

Com o intuito de explicar melhor essa questão, preparamos um artigo para você. Iniciaremos abordando os principais tipos de vasos sanitários para residência e, em seguida, daremos um passo a passo de como fazer a instalação corretamente. Acompanhe!

Confira os principais tipos de vasos sanitários

Tão importante quanto saber como instalar o vaso sanitário é conhecer os vários modelos existentes no mercado. De forma geral, temos três principais tipos.

Com válvula de descarga

O primeiro ainda é o mais popular e demanda o uso de uma espécie de botão que, ao ser pressionado, libera o fluxo de água para a eliminação de resíduos. Isso é possível por conta da presença de uma válvula de descarga, colocada dentro da parede para conectar a água à bacia.

Embora consuma um pouco mais de água, o vaso sanitário com válvula é uma opção que costuma ser bastante eficiente durante o uso. Afinal, o fluxo entra com bastante pressão para levar todo tipo de resíduo embora.

Com caixa acoplada

Essa versão envolve um sistema hidráulico simples, composto por tubulações ramificadas e que apresentam diâmetros menores. Alguns modelos vêm com botões duplos, para que o usuário possa acionar diferentes quantidades de água, de acordo com o tipo de dejeto (líquido ou sólido).

O sanitário com caixa acoplada é bem moderno e custa um pouco mais que o de válvula. Entretanto, é uma opção que alia design e economia, visto que está disponível em várias cores e limita a descarga ao esvaziamento da caixa. Também não exige tubulações com grandes diâmetros para o ponto de água, o que torna a execução mais viável.

Com sistema a vácuo

Esse é o sanitário que mais economiza água, mas também é um dos que têm maior custo no mercado. Ele funciona com base em um sistema de aspiração, o que permite que gaste apenas 1 litro de água a cada uso (tal condição também gera menos esgoto).

A tubulação deve ser especialmente preparada para retirar os resíduos e destiná-los à rede. Assim, quando a descarga é acionada, o ar externo entra e iguala a pressão presente no interior. Isso gera uma grande força dentro da tubulação, fazendo com que todo tipo de dejeto saia.

Veja como instalar o vaso sanitário de forma correta

Alguns processos desse serviço variam de acordo com o produto selecionado e o tipo de estrutura que ele demanda. A seguir, listamos o passo a passo básico para orientar seu trabalho.

Escolha o vaso adequado

Cada sanitário apresenta propriedades distintas e funcionamento específico, adequados a determinado tipo de uso. Consulte os vendedores e pergunte quais são os mais indicados para cada caso. De maneira geral, os sanitários com caixa acoplada e com válvula de descarga são os mais comuns nas residências.

Faça as marcações

É necessário fazer as marcações no espaço para instalar o vaso sanitário. Em geral, você deve definir o ponto de água e o ponto de esgoto, além dos pontos de fixação. Normalmente, a fixação é feita no chão, mas há opções em que isso ocorre de forma lateral.

Fure o chão e a parede

Após realizar as marcações, é importante executar os furos. Faça isso tanto na parede, para que o vaso sanitário receba a água, quanto no chão, para que os dejetos sejam encaminhados de forma adequada à rede de esgoto.

Prepare o tubo e use as peças de vedação

Após fazer os furos, é necessário preparar o tubo que receberá a água para o vaso sanitário, além de utilizar peças de vedação para impedir que vazamentos ocorram no vaso. No caso da caixa acoplada, é importante deixar uma distância de, no mínimo, 29,5 cm do centro do cotovelo até a parede.

Em vez de tubos de ligação, utilizados nas caixas convencionais, os sanitários de caixa acoplada exigem modelos flexíveis. Além disso, deve-se colocar o anel de vedação ao final do processo, seja na caixa acoplada, seja na caixa convencional.

Utilize as ferramentas corretas para instalar o vaso sanitário

Tão importante quanto seguir o passo a passo atentamente é usar os instrumentos corretos e adequados para realizar o procedimento. Dessa forma, monte uma caixa de ferramentas completa para instalar o sanitário na sua casa.

Saiba como instalar vaso sanitário com caixa acoplada

Se você precisa fazer uma reforma no banheiro ou incluir uma louça sanitária em um ambiente novo, pode optar pela versão com caixa acoplada. Esse modelo é mais fácil de consertar porque suas tubulações não são embutidas na parede.

Confira o passo a passo para ter sucesso no serviço.

Providencie os recursos

Alguns materiais e ferramentas são essenciais, portanto, anote-os e certifique-se de ter todos em mãos: bacia, anel de vedação, rejunte (pacote 1kg), mangueira flexível, parafusos, nível, chave de boca, chave de lavatório, trena, furadeira, brocas e buchas, fita veda rosca e canetinha.

Verifique as condições dos produtos e do local

Antes de colocar a mão na massa, é importante observar se cada elemento está preparado para o serviço. Como dito, a distância mínima entre o centro de saída de esgoto e a parede deve ser de 29,5 cm. Respeitar esse valor garantirá maior eficácia e reduzirá o risco de entupimento.

Também verifique se as tubulações de alimentação estão livres de obstruções e se o tubo de esgoto está no nível do chão. A bacia sanitária deve estar em perfeitas condições, sem trincas ou rachaduras. Após observar esses detalhes, feche o registro de água para começar o trabalho.

Posicione e fixe os elementos

O primeiro passo é garantir que o tubo de esgoto esteja com a extremidade cortada bem rente ao piso ou, no máximo, a uma distância de 10mm dele. Depois, cumpra as etapas na seguinte ordem:

  • com ajuda do nível e da canetinha, desenhe sobre o piso uma linha paralela à parede e que passe pelo centro da saída de esgoto;
  • posicione a bacia em uma superfície macia (tapete ou pano) e, nas laterais de seu pé, marque o centro da saída de esgoto;
  • coloque a bacia no lugar certo e encaixe-a no tubo de esgoto para conferir se as marcações estão alinhadas;
  • retire a bacia e marque os furos de fixação;
  • perfure os pontos marcados com a broca e coloque as buchas;
  • prenda o anel de vedação na saída de esgoto da bacia e, então, encaixe-a no tubo;
  • pressione a bacia contra o piso e coloque parafusos em cada lado dela;
  • com a caixa acoplada em mãos, posicione a bolsa de vedação na saída de água;
  • fixe parafusos nos furos presentes no fundo da caixa e na plataforma da bacia;
  • encaixe a caixa na bacia e instale a mangueira flexível na parede;
  • conecte o engate flexível à entrada de água da caixa acoplada;
  • faça a vedação com fita veda rosca;
  • para um melhor acabamento, aplique massa de rejunte na base da bacia;
  • finalize colocando um assento adequado.

Saber como instalar vaso sanitário com caixa acoplada, válvula de descarga ou sistema a vácuo é uma excelente medida para aumentar a segurança dos usuários. Portanto, não deixe de cumprir cada etapa para evitar acidentes, além de aumentar o conforto e a qualidade de vida em qualquer residência.

Se você gostou do texto, assine a nossa newsletter para ficar por dentro de outras dicas e informações sobre diferentes serviços.

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário