Acabamentos

Tipos de torneira elétrica: como instalar e quais as vantagens?

abril 14, 2021

As torneiras elétricas são uma excelente opção para cozinhas quando a ideia é obter o conforto de ter a água aquecida — principalmente em dias com temperaturas mais baixas ou em regiões mais frias. Entretanto, para colher os benefícios, além de escolher o tipo ideal, é necessário saber como instalar uma torneira elétrica.

Para você entender melhor o que elas são, como funcionam e quais fatores deve-se levar em conta durante a escolha, a seguir, mostramos os principais tipos de torneira elétrica, suas vantagens, como deve ser feita a instalação, entre outras informações de extrema relevância. Então, não perca e confira!

Quais as vantagens de ter uma torneira elétrica?

As torneiras elétricas proporcionam mais conforto durante as atividades cotidianas e podem ser instaladas em diversos ambientes, como banheiros, lavanderias, cozinhas e áreas gourmet.

Além disso, também permitem regular a temperatura da água e possibilitam o uso com a opção de aquecimento desligada — proporcionando economia quando o aquecimento não for necessário.

Por conta de todos esses benefícios, fica evidente que as torneiras elétricas auxiliam em algumas atividades muito comuns e importantes no dia a dia de uma residência, por exemplo: otimizar o preparo de alimentos e auxiliar na lavagem de louças e na limpeza dos ambientes, agilizando todos esses processos.

Outro aspecto positivo é que não demandam a instalação de um aquecedor central, ou seja, não é necessário realizar intervenções ou reformas grandes e dispendiosas — tornando-as ainda mais práticas e acessíveis.

São diversas as opções disponíveis no mercado, o que possibilita que você escolha a mais apropriada para a sua casa e evite, com isso, gastos desnecessários ou aumento significativo na conta de energia elétrica.

Quando é indicado optar por uma torneira elétrica?

A torneira elétrica é mais indicada para construções já feitas, uma vez que a instalação de um sistema de aquecimento solar ou a gás seria muito mais trabalhoso e dispendioso — mesmo sendo mais econômico em médio e longo prazo.

Se, após analisar esses aspectos, você chegou à conclusão de que a torneira elétrica é realmente mais vantajosa para você, então, em primeiro lugar, é muito importante verificar se ela tem selo verde de economia e qual seu rendimento. Com isso, será possível encontrar uma melhor relação entre custo e benefício.

Quais os principais tipos de torneira elétrica?

As opções de marcas são variadas. Entre elas é possível encontrar potências, materiais, design, tamanhos e tipos de aplicação — de parede, de mesa, bica reta, bica móvel —, além de configurações distintas. Abaixo, destacamos as principais opções de torneira elétrica. Veja!

Torneira elétrica Deca/Hydra

A Deca/Hydra é uma marca que apresenta torneiras elétricas com mais de uma opção de temperatura. Elas podem ser utilizadas em paredes ou bancadas, apresentam design inovador e algumas alternativas de cores.

Um dos modelos mais modernos e recentes é a torneira elétrica Lumen, que contém um LED que indica visualmente a temperatura.

Torneira elétrica Lorenzetti

A torneira elétrica Lorenzetti apresenta um excelente custo-benefício. Existem modelos com 3 ou 4 diferentes alternativas de temperatura, além de diversas opções de bica, como bica alta, reta ou móvel. Além disso, é possível encontrar modelos mais compactos.

A torneira elétrica Versátil é a mais conhecida, tendo um excelente custo-benefício.

Torneira elétrica Fame

A Fame apresenta torneiras elétricas automáticas que podem apresentar bica alta, reta ou móvel. É uma torneira prática, pois conta com um movimento giratório no modelo de bica móvel, possibilitando o alcance maior da água na cuba. Ademais, conta com três ou quatro temperaturas.

Como escolher o tipo ideal de torneira elétrica?

Além dos modelos e as opções citados acima, conheça também o da Zagonel e Tigre.

É importante levar em consideração alguns outros aspectos. Acompanhe.

Analisar potência e consumo

O aquecimento da água nesse tipo de torneira se dá por meio da ligação com a rede elétrica. Como existem diversos modelos, consequentemente, é possível encontrar diferentes potências e consumos.

Inclusive, algumas torneiras apresentam potência e consumo semelhantes a um chuveiro. Por isso, é essencial verificar essa questão no momento da escolha, alinhando-a com a possibilidade das despesas domésticas.

Escolher a voltagem da torneira

Na escolha do tipo ideal de torneira, também é necessário definir se a voltagem será de 110 ou 220V. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, essa escolha não está relacionada à voltagem do local em que o indivíduo reside.

No caso das torneiras elétricas, assim como no dos chuveiros, é aconselhado optar pelos modelos de 220V, possibilitando a economia dos cabos, uma vez que o diâmetro poderá ser menor, e o consumo de potência será similar em ambos os casos.

Verificar as funcionalidades e a aparência

Além dos fatores técnicos acima citados, é essencial levar em consideração o modelo que mais lhe agrada, assim como o material, as funcionalidades e também o investimento que será necessário, visto que a variedade de preços é grande. Analisar todos esses fatores fará com que sua compra seja melhor, agradando-lhe tanto funcionalmente como visualmente.

Como instalar a torneira elétrica?

Como o próprio nome já diz, essa torneira aquece a água por meio da eletricidade. Para que isso seja feito de forma segura, o primeiro passo é contratar um instalador hidráulico que também tenha conhecimentos sobre elétrica, caso você não tenha o entendimento necessário sobre o assunto.

Isso porque, durante a instalação, é preciso realizar o aterramento do fio terra. Esse fio, em geral, pode ser verde e amarelo, ou apenas verde, e serve para evitar o risco de choque elétrico — como é comum ao ligar o chuveiro, em muitos locais.

Ainda, é importante ter uma tomada próxima ao local em que ela será instalada, além de um circuito e disjuntor exclusivo para cada torneira, de acordo com a tensão que foi escolhida, ou seja, 110 ou 220V.

Após todos esses aspectos estarem adequados, deve-se fechar o registro para retirar a antiga torneira. Também é importante ter em mãos algumas ferramentas, como chave inglesa, grifo, fita veda rosca, martelo de borracha, conexões e mangueiras flexíveis.

Se necessário, utilize um redutor de pressão. Lembre-se de verificar e seguir as instruções do fabricante tanto para a montagem como para a instalação. Durante todo esse processo, a torneira deve estar na posição fria, para que não haja o risco de queimar a resistência. Ao finalizar, abra o registro novamente

Como você pôde ver, são muitos os tipos de torneira elétrica. No entanto, em primeiro lugar, é preciso analisar as suas funcionalidades, assim como o design e o valor de cada opção, escolhendo o melhor modelo para atender às suas necessidades. Existem, inclusive, diversas opções em lojas físicas e virtuais.

A escolha da torneira elétrica adequada vai garantir satisfação, durabilidade e, consequentemente, uma boa relação custo-benefício. Afinal, optar por modelos que não vão realmente atender aos seus anseios e que apresentam um consumo muito elevado ou durabilidade inferior resultará em maior gasto do que investir em uma torneira de qualidade, durável e mais econômica.

Além disso, devemos ressaltar que é muito importante saber como instalar uma torneira elétrica da forma correta, uma vez que, para obter durabilidade, qualidade, conforto e economia, o processo adequado de instalação é essencial.

Agora que você já sabe como instalar uma torneira elétrica e quais aspectos deve levar em consideração para uma compra eficiente, aproveite para curtir nossa página no Facebook. Assim, você ficará por dentro de mais novidades e conteúdos interessantes como este: aquecedor de água elétrico!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário