Destaque, Hidráulica

Tecnologias para economia de água: 5 melhores para adotar

outubro 1, 2021

Em tempos em que a sustentabilidade é muito questionada, é de extrema importância que sejam desenvolvidas tecnologias para economia de água — que é um recurso natural essencial para a manutenção da vida e do planeta de uma forma geral.

O fato é que a escassez de água já é uma realidade em vários locais do país e do mundo. Por isso, tornam-se necessárias a conscientização de todos e a adoção de medidas capazes de, pelo menos, amenizar a situação.

Neste artigo, vamos relacionar algumas tecnologias para a economia de água que chegaram para preservar esse recurso natural tão precioso. Confira!

1. Reuso da água

É um processo que pode ser utilizado tanto em indústria como em residências e que tem por objetivo reutilizar a água para outra finalidade — reaproveitando o recurso. Em alguns casos, é necessário que haja um tratamento da água.

Algumas empresas contam com pequenas estações de tratamento de água que realizam o processo. No caso de residências, é necessário que elas passem por uma adaptação. No entanto, existem práticas diárias que utilizam o processo de reuso. Podemos citar a reutilização da água usada para lavar a roupa — que pode ser usada também para limpar o quintal.

2. Metais sanitários

Um dos fatores que contribuem muito para aumentar o consumo de água é o uso de alguns tipos de metais sanitários, como registros e torneiras que têm por alvo principal o design e o preço. As características que poderiam garantir mais economia não são priorizadas.

Por outro lado, existem tecnologias que contribuem para o conforto e a economia de recursos hídricos. Exemplo disso é o arejador, que dá uma sensação maior de quantidade de água.

Outra tecnologia em metais que também contribui para a economia é o acionamento de água por sensor e por pressão temporizada. 

3. Sanitários a vácuo

Trata-se de uma opção que envolve um custo maior que a tradicional, mas que garante um bom retorno posterior no consumo de água. Esse sistema reduz muito a quantidade de água consumida, visto que utiliza o ar, no seu lugar, para promover a descarga. O sistema precisa de apenas um litro de água para higienizar o vaso.

4. Regulador de vazão

Sabe-se que o consumo de água em residências, geralmente, é muito alto. Uma forma simples e barata de resolver essa questão é utilizar o redutor de vazão. É uma peça fácil de ser aplicada, que, além de garantir a diminuição no consumo, tem um baixo custo.

5. Reaproveitamento da água da chuva

Essa medida requer o uso de alguns equipamentos para o seu funcionamento, uma solução prática, sustentável e ideal para quem deseja armazenar água de chuva em espaços reduzidos você encontra facilmente. O processo começa com a captação da água da chuva, que vai para um tipo de sistema de abastecimento, no qual é tratada e destinada para alguns fins.

Trata-se de um reservatório que é indicado para estabelecimentos comerciais e indústrias, que seja instalado em áreas onde ocorre uma grande incidência de chuvas, visto que, dessa forma, o aproveitamento é bem maior.

Conforme visto neste artigo, existem tecnologias para a economia de água que devem e precisam ser aproveitadas. Afinal, estamos falando de um recurso finito e vulnerável que é cada vez mais escasso e disputado.

Gostou deste post? Então, leia mais sobre o reuso de água e tudo que esse sistema pode trazer de vantagem em termos de recursos hídricos!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário