Hidráulica

Confira agora 5 pontos para considerar na reforma de área de serviço

abril 30, 2019

Uma reforma de área de serviço é uma operação mais complexa do que muita gente pensa. Por ser um local que exige atenção com parte elétrica, hidráulica e detalhes estruturais, a realização de um planejamento com antecedência é fundamental.

Em relação à parte hidráulica, esse pode ser o setor que merece destaque especial — afinal de contas, é uma das áreas mais importantes dentro da área de serviço. Ninguém quer qualquer vazamento nessa área, não é mesmo?

Confira o artigo que preparamos especialmente sobre o que prestar atenção quando for fazer uma reforma em uma área de serviço. Leia agora mesmo!

1. Tipos de tanque

Mesmo com máquinas de lavar cada vez mais modernas e que fazem as mais diversas funções, não abra mão de um tanque na área de serviço. Talvez ele não tenha mais a função original  — que era para lavar roupas — mas ainda é fundamental para outros fins, como deixar algumas peças de molho, lavar calçados, entre outros.

No mercado, é possível encontrar modelos em inox, concreto, plástico e louça, cada um com características distintas. Por exemplo, o inox é mais leve e não enferruja, enquanto o de concreto costuma ser mais forte e resistente. Já os de plástico são mais baratos, mas cumprem bem a função. Por fim, o de louça é mais requintado, mas tem em contrapartida a fragilidade.

2. Ralo com sifão

Em uma área de serviço, é natural que seja usado água para diversos fins. Vez ou outra, será necessária uma limpeza mais profunda do piso. Por isso, não esqueça de colocar nesta área um ralo para que exista um local de escoamento de água.

Mais do que apenas um buraco para saída da água, é necessário que o ralo tenha as mínimas condições para evitar que ratos, baratas e outros insetos usem o local para acessar sua casa, vindos da rede de esgoto.

Uma solução é a instalação de uma grade de proteção no ralo. É extremamente recomendado que ele tenha um sifão, para que o mau cheiro também não encontre caminho por esse local.

3. Água de reúso

Uma das melhores formas de garantir a redução na conta de água, e ao mesmo tempo ter uma atitude mais sustentável, é utilizando a água de reúso. A técnica consiste no reaproveitamento da água da máquina de lavar para ser usada em outras funções, como lavar calçadas, regar plantas e jardins, entre outras, permitindo o uso de água não tratada.

4. Tipos de torneira

Escolher a torneira ideal para a área de serviço não é tão simples como parece. Com diversos modelos no mercado, é necessário estar atento ao material e funcionalidade que ela tem.

Na área de serviço, elas são instaladas na parede e contam com mecanismo que garante maior vedação e durabilidade, justamente para evitar gastos desnecessários com água. Além disso, as torneiras do tanque e da máquina de lavar devem vir já com rosca, para permitir que mangueiras possam ser rosqueadas diretamente nela.

5. Tubos e conexões

Na reforma da área de serviço, esteja atento ainda aos tubos e conexões, evitando dores de cabeça futuras por vazamentos que obriguem até mesmo a parede ser quebrada, para que os reparos sejam feitos. Se necessário, invista em um bom projeto hidráulico, que já indicará a altura de cada tubulação, o diâmetro necessário e quais materiais são indicados.

Além disso, esteja bastante atento aos locais onde serão instaladas torneiras e demais saídas de água, para que quando for instalar os eletrodomésticos, tudo possa ser feito sem a necessidade de extensões.

Como você pode perceber até aqui, uma reforma de área de serviço é mais complexo do que se imagina. Para que tudo saia como o esperado, não dispense uma mão-de-obra especializada de um instalador hidráulico e produtos de qualidade.

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a reforma de área de serviço, que tal aprofundar seu conhecimento sobre os termos técnicos e nomes das peças hidráulicas? Leia agora mesmo nosso artigo sobre o tema e fique por dentro!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário