Reforma

Como tirar umidade da parede? 3 dicas práticas para você adotar

dezembro 28, 2020

Sua casa apresenta sinais de umidade nas paredes? Sabia que esse inconveniente pode trazer, além de aborrecimentos relacionados à aparência do espaço, problemas de saúde? A explicação é que locais com essas características atraem fungos que podem desencadear problemas respiratórios e alergias.

Diante disso, a primeira coisa a se pensar é como tirar a umidade da parede. A princípio, o que devemos fazer é atacar as causas que, geralmente, são caracterizadas por infiltrações, má iluminação, entre outros.

Atacando os motivos e evitando que se agravem, vamos tratar as consequências (como paredes emboloradas ou com mofo), que podem mostrar um estágio avançado do problema. Geralmente, esses locais apresentam um odor muito desagradável e manchas perceptíveis nas superfícies.

Neste post, vamos dar dicas de como tirar umidade da parede. Continue conosco e confira!

O que causa a umidade?

Para evitar a umidade na parede e que o problema persista, a primeira coisa a ser feita é saber qual o motivo e combatê-lo. Afinal, de nada adianta atacar as consequências se não soubermos o que está provocando o transtorno.

Para isso, devemos começar checando as tubulações do local para saber se há algum tipo de vazamento ou infiltração. O segundo passo é verificar a ventilação do local, uma vez que espaços com pouca circulação de ar e sem iluminação costumam apresentar umidade e mofo — ambiente propício para o desenvolvimento de fungos.

Por fim, uma ação também muito necessária é verificar o estado das calhas e do telhado da residência — bem como possíveis brechas em janelas e portas que facilitam a entrada de água externa.

Após a checagem e as devidas providências, aí sim vamos solucionar o problema e acabar com a umidade da parede de uma vez por todas!

Como tirar a umidade da parede?

Depois de analisar o problema e tratar a sua causa, será possível limpar a parede e retirar qualquer vestígio de mofo. Jamais pinte sem retirar essas manchas, pois o problema pode voltar. Veja, a seguir, como agir nesses casos!

1. Use cloro ou água sanitária

Os produtos mais indicados para acabar com vestígios de bolor e mofo é o cloro e a água sanitária. Esses produtos matam os fungos e evitam que o problema continue, uma vez que são organismos vivos que se multiplicam.

Para isso, borrife água sanitária na região afetada e espere alguns minutos. A seguir, limpe bem o local com um esponja macia com sabão neutro.

2. Faça uma raspagem

Para manter o local livre do mofo, lixe e raspe toda a região da parede afetada, retirando a tinta. Se notar que o reboco também foi atingido, retire-o. Dessa forma, garantirá que o fungo tenha sido removido. Caso se sinta sem preparo para o trabalho, busque ajuda de um profissional experiente.

3. Aplique impermeabilizantes

Após a raspagem, aconselha-se o uso de um produto impermeabilizante, para garantir que nenhuma umidade penetre na superfície. Após esse passo, já será possível pintar a parede garantindo uma aparência agradável e, principalmente, livre de mofo.

Você pode escolher entre a emulsão asfáltica e a acrílica. A primeira protege o local com uma membrana impermeabilizante e a segunda funciona como se fosse uma camada de tinta protegendo a região.

Viu como tirar umidade da parede não é esse “bicho de sete cabeças” que muitos pensam? É possível, sim, manter o ambiente saudável com essas medidas preventivas e de manutenção!

Gostou deste post? Acesse nosso site e tenha acesso a produtos que podem solucionar problemas de umidade nas paredes da casa!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário