Reforma

Como mudar uma pia de lugar: 6 cuidados nessa hora!

julho 1, 2020
Tempo de leitura 3 min

Qualquer reforma causa uma série de preocupações, não é mesmo? Nesse cenário, imagine como trocar uma pia de lugar? Tenso, concorda? Ainda mais porque serão necessárias alterações na parte hidráulica da residência, seja na cozinha ou no banheiro,

Mas, apesar de tudo isso, se você contratar um bom instalador hidráulico, tudo ficará sob controle e os problemas serão os menores possíveis. Então, muita calma nessa hora e mãos à obra!

Confira, a seguir, algumas dicas preciosas para mudar sua pia de lugar. Continue conosco!

1. Informe-se sobre a necessidade de licenças e/ou autorizações

A primeira medida a ser tomada ao se decidir por uma obra ou reforma na sua residência é saber se há licenças que são exigidas pela prefeitura do local. Dependendo da obra que será feita na casa ou no apartamento, é necessária uma autorização após apresentar o projeto técnico — em que constará as diretrizes e os objetivos da reforma.

Além disso, quando a obra é na cozinha e se trata de uma modificação do local da pia, ela requer transformações hidráulicas. Existem regulamentações normativas a serem seguidas pelo responsável pela reforma ou obra. No entanto, as exigências podem variar de uma cidade para outra. 

Outra permissão que deve ser resolvida logo no início da obra é em relação à necessidade de uma caçamba para entulho — tendo em vista que ela ocupará um espaço em via pública.

2. Verifique as instalações de água e gás

Como mudar uma pia de lugar requer algumas medidas que incluem as posições das tubulações hidráulicas e de gás, quaisquer mudanças necessitam de um projeto muito cauteloso. Em relação à tubulação hidráulica, o instalador hidráulico deve considerar a posição da saída e da entrada de água e esgoto.

A conexão de gás não deve ser esquecida. Se você pretende utilizar água quente e fria na cozinha, por exemplo, é de fundamental importância pensar no posicionamento dessa tubulação.

3. Reorganize a localização das tomadas elétricas

Ao mudar sua pia de lugar, o que vai gerar uma série de modificações na disposição dos eletrodomésticos, não se esqueça das tomadas que você utiliza, a fim de redistribuí-las adequadamente. Por exemplo, na cozinha, pense na localização do micro-ondas, geladeira, exaustor, fogão, máquina de lavar louça, entre outros.

4. Cuide para não misturar as saídas de esgoto 

Outro cuidado extremamente importante é o instalador hidráulico não misturar as duas saídas de esgoto com a saída para a rede pública. A caixa de gordura deve ser usada exclusivamente para a cozinha. Já a caixa de inspeção é usada para o restante dos resíduos de esgoto da casa.

5. Mantenha o projeto guardado para saber onde se encontram as tubulações

Caso seja necessária alguma melhoria ou obra relacionada à parte hidráulica de sua residência, é indispensável ter o projeto com as devidas localizações das tubulações guardado em um local seguro. Isso evitará possíveis acidentes.

6. Consulte o condomínio

Sempre que houver necessidade de alguma obra ou reforma em um apartamento de condomínio, consultar o síndico é obrigatório. Isso porque qualquer modificação estrutural deve ser verificada, observando-se a planta da edificação.

Entendeu como mudar uma pia de lugar? Como você conferiu neste conteúdo, esse processo é algo que necessita de muito cuidado, já que pode envolver a parte hidráulica, a tubulação de gás e até as instalações elétricas. Além disso, o ideal é contar com profissionais especializados para esse serviço, como o instalador hidráulico.

Gostou deste post? Deixe, então, um comentário. Vamos gostar muito de saber suas impressões e experiências!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up