Hidráulica

Como escolher a bomba para piscina? Veja quais critérios considerar!

janeiro 10, 2022

Ter uma piscina em casa é muito confortável, não é mesmo? Afinal, você pode aproveitar bastante os dias mais quentes com a família e com os amigos sem precisar sair de casa. No entanto, ela requer muitos cuidados e um deles se refere à qualidade da água.

Daí a importância da bomba, que é o item que garante a circulação da água por toda a sua extensão. Mas como escolher a bomba para a piscina? O que você precisa saber para não errar na compra desse componente essencial?

O fato é que a bomba é um equipamento extremamente importante no uso da piscina, pois tem a função de bombear água para o filtro, garantindo que haja a circulação e eliminando as impurezas. Dessa forma, a água se mantém limpa e com uma ótima aparência.

Neste post, vamos explicar como escolher a bomba para piscina sem erros. Continue a leitura e confira!

Considere o volume da piscina

Esse é um dos fatores mais importantes a serem considerados. Isso porque a bomba deve ser capaz de fazer circular o volume total de água da piscina em um intervalo , conforme a NBR10339, de circulação seja feita em no maximo 6 horas para piscinas comerciais e em 8 horas em piscinas residenciais. A capacidade da bomba deve ser calculada de acordo com o volume de água da piscina, ou seja, a vazão em litros por minuto.

Diante disso, vamos começar dividindo o volume da piscina por 8 horas. Depois, dividiremos o resultado obtido por 60 minutos. Fica assim: volume de água da piscina / 8 horas / 60 minutos = taxa de vazão. O resultado vai definir a escolha da bomba e do filtro para a piscina. Na dúvida, busque ajuda com um profissional de hidráulica que, certamente, saberá indicar a bomba ideal.

Conheça os tipos de bomba

Veja os tipos de bombas mais utilizados nas piscinas:

  • bomba pré-filtro: é a mais comum em residências. Esse tipo funciona aspirando a água e a levando até o filtro para o processo de filtragem. Finaliza expulsando a água na superfície;
  • de velocidade variável: o processo é o mesmo da bomba autoaspirante, mas ela ajusta de forma automática a velocidade de funcionamento de acordo com a necessidade. Tem como característica consumir menos energia e produzir menos ruído.

É importante ficar atento ao tamanho da bomba para a piscina, visto que, se for uma capacidade superdimensionada, sua força de sucção pode significar um risco para os banhistas e provocar acidentes graves.

Verifique a capacidade da tubulação

Outro fator que merece atenção na escolha da bomba para a piscina é o tamanho dos tubos. Ter conhecimento sobre o diâmetro desses itens evita a instalação de uma bomba com capacidade maior que a da tubulação do local.

Duas tubulações de sucção fazem parte da estrutura da maioria das piscinas. São eles: ralo de fundo e bocal de aspiração. Tanto o fluxo de saída quanto o de entrada são fatores importantes na hora de escolher a bomba para a piscina.

Conheça a capacidade de vazão do filtro

É importante observar muito bem o tamanho do filtro na hora da compra. Eles são fabricados com taxas de vazão predeterminadas. Sendo assim, com taxas mais baixas que as recomendadas, a água não será filtrada adequadamente. Do contrário, com taxas muito altas, a pressão se torna muito alta e pode danificar o filtro. Na dúvida, peça ajuda a um profissional experiente.

Agora que você já sabe como escolher a bomba para piscina, busque um local onde será possível encontrar equipamentos dos melhores fabricantes do mercado e dentro das especificações ideais!

Se você gostou deste post e tem interesse em comprar a bomba para a sua piscina sem erros, entre em contato conosco pelo nosso site e adquira o modelo ideal para as suas necessidades!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário