Destaque

Chuveiro ou ducha: saiba como garantir a melhor escolha!

dezembro 30, 2021

A hora do banho é aquele momento relaxante do dia, não é mesmo? Porém, para aproveitar muito bem, é necessário saber escolher o chuveiro ou a ducha — que são opções feitas de acordo com as suas necessidades. Você sabia que existem diferenças básicas entre esses dois aparelhos? Neste conteúdo, vamos explicar tudo para você!

Na verdade, é bem comum que as pessoas, de uma forma geral, confundam os dois — afinal, ambos são utilizados para tomar banho. No entanto, existem diferenças que têm a ver com a temperatura e pressão da água, instalação, economia, entre outros.

Vamos ver se a opção para as suas necessidades é chuveiro ou ducha? Continue conosco e confira!

Como é o funcionamento da ducha e do chuveiro?

Existem alguns fatores no funcionamentos desses dois aparelhos utilizados para tomarmos banho. Confira como cada um deles funciona!

Ducha

A ducha não contém um sistema que esquente a água, tornando-se necessária a instalação de um aquecimento interno para a obtenção de água quente. Isso pode ser por meio de aquecedor a gás, energia solar ou por um sistema elétrico central. 

Sua instalação deve ser feita de forma inclinada para que a água ganhe mais potência. Além disso, por não utilizar energia elétrica para o seu funcionamento, o jato da ducha costuma ser mais forte, com maior vazão de água.

Chuveiro

O chuveiro, por sua vez, apresenta um mecanismo próprio para aquecimento da água, o que geralmente ocorre por meio de uma resistência elétrica. Devido à energia que ele utiliza para o aquecimento, a saída de água ocorre com um fluxo menor. 

No entanto, hoje esse problema já foi solucionado, pois já fabricam chuveiros com pressurizadores, que são peças que aumentam a pressão, garantindo um bom fluxo de água na hora do banho.

Chuveiro ou ducha? Quais são as principais diferenças?  

É muito comum eles serem conhecidos como chuveiro de ducha e vice-versa. Vamos às principais diferenças em alguns aspectos importantes? Confira!

Posicionamento

Com relação à queda da água, no chuveiro ela cai em pé, visto que o aparelho é fixado por um tubo na parede. Nas duchas, vai depender do tipo. No entanto, como não contam com qualquer fiação, podem ficar direcionadas para quem está tomando o banho.

Economia

Quanto à economia, tanto de água quanto de energia elétrica, os dois tipos divergem. O chuveiro é mais econômico no consumo de água, visto que abrindo um pouco o registro a água vem quentinha. Já as duchas colocadas na parede liberam mais água, pois seus jatos são geralmente mais fortes.

Pressão da água

Chuveiros elétricos, geralmente, têm pouca pressão de água, em alguns casos precisam de uma instalação de pressurizador, ou pela compra de um aparelho que já venha com esse dispositivo. Isso vai colaborar bastante com o aumento da pressão de água.

Em relação às duchas, quanto mais longe elas estiverem da caixa d’água, mais pressão de água elas terão. Por isso, quem mora nos primeiros andares das edificações tem melhor queda d’água no chuveiro.

Como escolher o melhor produto para sua casa?

É importante a presença de um profissional para identificar as instalçaões elétricas e hidráulicas, serão avaliadas a localização da caixa d’água e a fiação. No casi de hidráulioca, a avaliação garantirá uma pressão de água satisfatória.

Para casas com pouca pressão, como, quando a distância da caixa d’água é pequena, recomenda-se uma ducha ou um chuveiro com pressurizador, visto que isso contribuirá para potencializar a pressão da água.

Outros pontos, também importante, devem ser analisados na instalação, como a fiação elétrica, o conforto, a economia, entre outros.

Agora que você já sabe a diferença entre ambos, qual deles você vai querer em seu banheiro, chuveiro ou ducha? Faça a sua escolha!

Gostou deste post? Elucidou as suas dúvidas? Entre em contato conosco pelo nosso site e conheça os vários modelos de chuveiros e duchas que disponibilizamos para os nossos clientes!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário