Reforma

Como identificar infiltração na parede? Nós explicamos!

junho 14, 2021

A infiltração na casa é um problema que preocupa e tira o sono de muita gente, afinal, ela pode trazer uma série de consequências e até danificar as estruturas de uma construção. E você, será que sabe como identificar infiltração na parede?

Na verdade, o problema dá sinais e cabe a nós saber identificá-los no início para evitar que evoluam. A infiltração pode estar visível em várias partes da casa, como no teto, nas paredes e no chão, pode causar bolor e mofo e provocar alergias e outras doenças.

Neste artigo, você vai saber como identificar infiltração na parede. Continue conosco e boa leitura!

Afinal, o que é infiltração?

A infiltração se caracteriza pela passagem de água através de uma superfície. Pode ocorrer por várias causas, como por vazamento hidráulico — quando a água escapa pelas tubulações —, ou de fora para dentro, quando a água da chuva passa por frestas que podem haver nas paredes e janelas por deficiência de impermeabilização, por exemplo.

O problema é complexo e deve ser corrigido o mais rápido possível, pois além de afetar os próprios moradores, pode atingir também o vizinho do andar de baixo, no caso de se tratar de um prédio.

A primeira coisa a ser feita é localizar a origem da infiltração para, então, começar os trabalhos de neutralização. De nada adianta reparar os estragos somente, se a origem do problema não for solucionada.

Veja os principais sinais de infiltração!

Bolhas na pintura

O surgimento de bolhas na parede, geralmente, sinaliza uma infiltração de água da chuva nas paredes externas da construção. Ela pode estar ocorrendo por uma deficiência na impermeabilização em alguns pontos da casa.

Manchas com tonalidades acinzentadas ou pretas nas paredes

Outro sinal muito visível que aponta umidade provocada por infiltração são as manchas cinzas ou pretas nas paredes. De nada adianta tentar retirá-las por meio de pintura — elas retornarão firmes e fortes.

Podem ser ocasionadas por vazamentos na tubulação do apartamento ou mesmo vir de infiltrações de um vizinho. A raiz do problema deve ser sempre investigada.

Outras situações que provocam manchas são:

  • água da chuva: apartamentos novos, que tiveram suas paredes durante a construção expostas à água da chuva, podem apresentar infiltração;
  • infiltração na laje: o problema é sinalizado quando as manchas surgem na parte superior das paredes, próximas ao teto.
  • condensação: aparece quando a temperatura interna é mais alta que a externa. Tem a aparência de “suor” nas paredes que , geralmente, surge em dias mais frios, com umidade.

Manchas ou rachaduras no teto

Manchas no teto, geralmente, apontam vazamentos na tubulação dos apartamentos superiores. Quando ocorre em coberturas, pode ser devido a problemas na impermeabilização da laje.

Rodapés soltos ou manchados

Geralmente, quando isso ocorre, pode ser sinal de capilaridade. Trata-se de um problema cujos sinais são rodapés soltos ou manchados. Ocorre, especialmente, em casas, em apartamentos térreos ou em áreas que mantêm contato direto com o solo — visto que absorvem a umidade do terreno pelas paredes, vinda dos alicerces.

Como visto neste artigo, é muito importante ficar atentos e saber como identificar infiltração na parede para que medidas sejam tomadas e evitem a evolução do problema!

Gostou deste post? Gostaria de ter acesso a outros conteúdos interessantes? Assine nossa newsletter e receba por e-mail nossas postagens mais recentes!

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário