Hidráulica

Reparo de registro e de torneira: quais os tipos e diferenças

outubro 15, 2019
Tempo de leitura 3 min

O registro é uma peça fundamental no projeto hidráulico, pois é ele que controla a vazão do fluxo de água e também o seu bloqueio, quando necessário. Por vezes, itens que fazem parte do sistema hidráulico podem apresentar problemas, exigindo reparo de registro, reparo de torneira ou em outras peças.

Para não perder tempo e até mesmo dinheiro tentando adivinhar o que está errado, a melhor solução é saber mais sobre o assunto. Há diversos tipos de registros e torneiras no mercado e cada um deles é trabalhado de uma maneira.

Conheça um pouco mais sobre as diferenças das torneiras e registros e suas características antes de começar a fazer reparos!

Conheça quais os tipos de registro

Existem tipos diferentes de registro com finalidades distintas. Quando uma torneira está pingando ou quebrada, o problema pode ser o registro que bloqueia a passagem de água. Para entender melhor o funcionamento deles, aprenda mais sobre os modelos:

Registro de gaveta

Esses são registros que devem estar presentes em cada circuito hidráulico. Isso porque eles interrompem a passagem de água em seus pontos de uso, como nos casos de manutenção de alguma parte específica. Precisam ser colocados em locais como colunas de distribuição para facilitarem os serviços.

Para conservar por mais tempo, é melhor evitar abrir e fechar com muita frequência para não desgastar a peça, senão podem ocorrer vazamentos e outros danos.

Registro de esfera

Diferentemente do registro de gaveta, o registro de esfera não fecha por completo e ainda permite que a água passe. A sua função é apenas controlar o fluxo de água e a pressão, por isso é preciso ter cuidado na instalação para que não limite a passagem de água.

Os principais problemas desse registro são as impurezas da água, que fazem com que os reparos sejam realizados periodicamente.

Registro de pressão

São aqueles acionados no momento do banho, por exemplo, que controlam a vazão e fluxo de água. Eles são comumente usados no dia a dia, por isso podem sofrer desgaste mais rápido e precisar de reparos.

Confira os tipos de torneira

Os tipos de torneira são pensados de acordo com as utilidades, seja para água aquecida a gás, seja energia elétrica, seja para um sistema sem aquecimento. Para cada necessidade, um tipo de torneira é mais indicado.

Torneira bicomando ou monocomando

A torneira bicomando utiliza dois comandos, um para acionar a água quente e o outro para a água fria. É ideal para controlar a temperatura da água, em que é possível abrir os dois ao mesmo tempo. Já a torneira monocomando é apenas um registro e dependendo do lado que é ativada, ela muda a temperatura da água.

Saiba sobre reparo de torneira e reparo de registro

Para fazer os reparos e consertar vazamentos ou obstruções que podem atrapalhar o uso normal de torneiras e registros, é preciso entender um pouco sobre os tipos de vedação.

Mecanismo de Vedação Simples (MVS)

É a solução para substituir o mecanismo de vedação dos registros que estão danificados. A peça nova garante uma vida útil que pode chegar a 30 mil ciclos.

Mecanismo de Vedação de Meia Volta (MVR)

A troca do mecanismo meia volta é feita especialmente nos registros de pressão, como em chuveiros. Ele transforma registros convencionais em meia volta garantindo mais conforto no uso.

Mecanismo de Vedação Cerâmica (MVC)

A vedação com pastilha de cerâmica tem alta durabilidade e resistência. Esse produto transforma os acionadores em sistemas de ¼ de volta, que aumenta a vida útil e gera maior economia.

Deve-se fazer reparo de torneira ou reparo de registro periodicamente para evitar vazamentos, desperdício e também para manter a qualidade da água, já que podem acontecer acúmulos de impurezas. Assim, você conseguirá usufruir das funções do sistema hidráulico sem grandes preocupações!

Agora que você já sabe mais sobre reparos, que tal conhecer as válvulas e registros da Casa Mimosa?

Você também pode gostar

Sem comentários

Deixe um comentário

Scroll Up